Subscribe to RSS feeds

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Adivinha lá....

Boas Demunhões e caros seguidores deste blog, venho por este meio informar que vou passara publicar uma coluna semanal com musicas traduzidas para portugues, essa publicaçãonão vai ter dia fixo, isto é vai ser colocada num dia que me apetecer. Partido Socialista: peço algum desconto por as traduções poderem não estar a 99%. Sem mais de momento e para não vos fazer perder mais tempo, Adivinhem lá que musica é esta...: Pensa só nisto Ultimamente tenho estado cético Calado quando costumava falar Distante de tudo a minha volta Quem me testemunha falha e torna-me fraco A vida é sobrevalorizada Pesada é a cabeça que usa a coroa Adorava ser o tal que te desaponta quando eu me vou a baixo Mas tu não compreendes quando eu te tento explicar Porque tu o sabes e acho que as coisas nunca vão mudar Mas podes precisar da minha mão quando caires em ti A tua disposição eu lembro-me quando estou a libertar de... Ti e mim estamos acabados e reorganizados Parece-me que não estas satisfeita Há muita coisa na tua mente Vais-te embora e não consigo acreditar toda a merda que descubro A vida é sobrevalorizada Pesada é a cabeça que usa a coroa Adorava ser o tal que te desaponta quando eu me vou a baixo Mas tu não compreendes quando eu te tento explicar Porque tu o sabes e acho que as coisas nunca vão mudar Mas podes precisar da minha mão quando caires em ti A tua disposição eu lembro-me quando estou a libertar de... Ti e mim estamos acabados e reorganizados Parece-me que não estas satisfeita Há muita coisa na tua mente Vais-te embora e não consigo acreditar toda a merda que descubro A vida é sobrevalorizada Pesada é a cabeça que usa a coroa Adorava ser o tal que te desaponta quando eu me vou a baixo .. tu não serves para mim Graças a Deus que acabou Tu fazes-me acreditar que nada está mal até chorares Tu fazes-me acreditar que que a vida é tão longa até estares a morrer Tu fazes-me acreditar que nada está mal até chorares, chorares em mim Tu fazes-me acreditar que que a vida é tão longa até estares a morrer, morreres em mim!! Pensas que toda a gente é igual Eu não penso que alguem seja como tu Tu destruiste tudo e continuaste-me a fuder até estar acabado e eu nunca serei o mesmo.

4 comentários:

DK_MORCS disse...

Adoro os meus posts... desaparece logo tudo.
O Lane que arranje ;P

DK_Limp disse...

LOL...Muito bom!! Essa é fácil! Re-arranged dos LimpBizkit do álbum Significant Other de 1998...eh eh Não sou o DK_Limp por acaso!!

HUGS

DK_MORCS disse...

espera pelas proximas, ja tenho umas em mente ;P

Dk_Laner disse...

muito...bomm
! não nada para arranjar Morcs! mas devo dizer... aplausos para a tua iniciativa!