Subscribe to RSS feeds

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Adivinha lá.....

Ppl começaram as aulas e o tempo esta a ficar curto para colocar musicas, mas consegui arranjar um tempinho e aqui vai... desta vêz vão ter um bonus de três musicas em horario nobre para todos(LOL), a primeira foi uma ideia minha que o lane teve de traduzir tb musicas de portugues para inglês as outras duas é quase o costume, sem mais de momento me despeço com abraços DK.. Partido Socialista: Volto a referir que pode haver alguns erros de tradução devido a compreenção dos textos. Adivinha lá....: We share, tears and passion, How do i lost you? One moment of illusion, I stay far from you. The blank nights, the dark of the day, Hard desire the cold bed, Farway from you, I cant live like this, the emptyness that fills me i can feel that iam close, Of the end. the sadness, in the look, the pain inside me - the need to cry... no one sofers like this the blank nights the dark of the day hard desire... the cold bed Farway from you, I cant live like this, the emptyness that fills me i can feel that iam close, Farway from you, I cant live like this, the emptyness that fills me.. i can feel that iam close, Of the end. Farway from you... Farway from you... Farway from you... Adivinha lá...: Uma vez eu tive um amor que tinha muita garganta Depressa descubriu-se que tinha um coração de vidro Parecia verdadeiro, só para encontrar Muita falta de confianca, o amor passou a segundo plano Uma vez tive um amor e era divino Depressa descubri que estava a eloquecer Pareceu-me verdadeiro mas estava tão cego Muita falta de confianca, o amor passou a segundo plano Entre O que descubri é gratificante e estou-me a sentir bem O amor é tão confuso não há paz de alma Se eu sentir que te estou a perder não é bom tu provocares-me como o fazes Uma vez eu tive um amor que tinha muita garganta Depressa descubriu-se que tinha um coração de vidro Parecia verdadeiro, só para encontrar Muita falta de confianca, o amor passou a segundo plano Uma vez tive um amor e era divino Depressa descubri que estava a eloquecer Pareceu-me verdadeiro mas estava tão cego Muita falta de confianca, o amor passou a segundo plano Perdido lá dentro Ilusão adoravel e eu não me posso esconder Sou aquele que estás a usar, porfavor não me ponhas de parte Podia-mos te-lo aproveitado, Ya Ya, cavalgando na verdadeira tristeza do amor Uma vez eu tive um amor que tinha muita garganta Depressa descubriu-se que era uma chatice Parecia ser verdadeiro só para encontrar Muita falta de confianca, o amor passou a segundo plano Adivinha lá...: São situações humanas Aqueles momentos entre nós As falhas e recomeços Que eu não entendia Agora... Como vês Estou a pensar em ti... sim... por um tempo São condições humanas Sentir-se bem ou não Pode depender do tempo Da minha nostalgia Agora... Como vês Eu estou a pensar ti Como se aquele tempo nunca passou Onde estavamos, o que fizemos Vizinhos de coração solitario, que toda a gente tem Atrás das grades de teu orgulho Eu estou a pensar em ti Estou a pensar em nós... Existem coisas na vida Que são um pouco stressantes E tem sido um trabalho Chegar até aqui Agora... Como vês Eu ainda estou de pé Porque São todos humanos os meus sonhos Com minhas mãos vou agarra-los, porque eles São humanos estes meus sonhos Com as minhas mãos vou agarra-los Existem coisas na vida Mas então onde está a vida, onde ela está, onde Se desde que ela me deixou Uma perseguição é, então onde ela está, onde está Agora... Como vês Eu ainda estou a pensar em ti Esta noite no chão a meu lado Eu tento enfrentá-la, agarrá-la E se eu te levar as curvas do coração aconchegando um pouco Eu quero provocar-te mesmo agora, que Eu estou a pensar em ti Estou a pensar em nós Para alguns ... Já Para alguns...

5 comentários:

DK_Limp disse...

a primeira é "Longe de ti" dos Império dos sentados...a outra ainda não sei, depois adivinho...

Dk Pac disse...

A primeira é linda...
A segunda, e após uma longa observação, notei ali uma ou duas frase que me despertaram a atenção e só me lembrei de BLONDIE, fui confirmar e a música tem o nome de Heart of Glass... custou mas foi...

Dk Pac disse...

Pois... depois de um teste de matemática é complicado adormecer... andei às voltas na cama e aquela primeira frase na saía da cabeça... "São situações humanas"... e pensei "não pode ser, não acredito mesmo!!!" quando fui confirmar, no rico youtube, deparei-me com um problema, é que eu pensava que era Eros Ramazzoti, aquela das "Coisas da Vida", com a Tina que levava do Ike... mas não, há diferenças na letra e pronto, perdi-me...
Amanhã volto a tentar...

DK_MORCS disse...

Por acaso n reparas-te que há uma versao sem a tina???

Dk Pac disse...

Sim Morcs, reparei... e já a vi/ouvi... só não sabia que as letras eram diferentes. Se leres o meu comentário é isso que digo, "há diferenças na letra"...